Skip to content Skip to footer

Welcome to our Publishing House!

Shop

Direitos humanos e práticas pedagógicas na escola contemporânea:

R$55.00

Informação adicional

Autor

Formato

Editora

ISBN

9788547330071

Ano de Publicação

2019

Número de Páginas

Dimensões

14.8 x 0.2 x 21

Idioma

Português

Edição

Encardenação

SKU: 165b72124fa9 Categorias: , Tags: , , Product ID: 33875

Descrição

Direitos humanos e práticas pedagógicas na escola contemporânea –

Este livro busca expor os desafios que a escola enfrenta na efetivação dos direitos humanos para todos. O intuito da pesquisa não foi o de apontar os erros dos envolvidos no processo educacional. Pretende-se, então, contribuir para o debate sobre esses grandes problemas atuais, que se vinculam diretamente com a luta para o reconhecimento e respeito aos direitos do homem, relacionando-os com as questões do país e da escola. Faz-se uma alusão a importância da educação e o papel do educador na cooperação para a construção de uma nova sociedade, mais esclarecida. Propõe-se, também, uma abordagem dos direitos humanos na educação enquanto processo fundamental de formação do cidadão, para potencializar o pleno exercício da cidadania. As questões apontadas nesta obra estão presentes no contexto escolar, seja na prática educativa ou nas ideias que a orientam. A seleção dos conteúdos a serem trabalhados, o tipo de relações humanas que serão promovidas e discutidas no ambiente escolar, a definição dos métodos, as formas de avaliação, a constituição do Projeto Político Pedagógico da escola, os modos de organização do espaço e do tempo dos alunos são sempre decisões ético-políticas mais que meramente técnicas. Portanto, não somente na atividade do professor, mas também em sua formação, a discussão dos direitos humanos e as questões envolvidas nela devem estar presentes. E sua característica não deve ser a de um conteúdo a ser trabalhado, mesmo que como disciplina transversal, mas como uma vivência, uma prática, um exercício efetivo para a construção da cidadania. Acredita-se que a escola deve instruir os educandos a conhecerem seus direitos e deveres e a colocá-los em prática. Agindo assim, certamente esses estudantes serão motivados para comentarem a declaração dos direitos universais na família, Igreja e na sociedade de modo geral.