Skip to content Skip to footer

Welcome to our Publishing House!

Shop

Complexidade e sustentabilidade: O que se pode e o que não se pode fazer

R$162.00

Informação adicional

Autor

Formato

Editora

ISBN

9788522479818

Ano de Publicação

2013

Número de Páginas

Dimensões

17 x 1.172 x 24

Idioma

Português

Edição

Encardenação

SKU: 902fb4c49a85 Categorias: , Tag: Product ID: 38546

Descrição

Complexidade e sustentabilidade – O que se pode e o que não se pode fazer

É claro que a intenção original do processo econômico é aumentar o bem-estar humano. Porém, visto de forma pragmática, não se pode evitar a conclusão de que sua etapa última é a produção de resíduos, parte dos quais não pode ser reaproveitada. Nos termos das leis da termodinâmica, isso significa transformar materiais de baixa entropia em lixo de alta entropia.
Daí se infere que tudo o que diminui a produção de rejeitos desacelera a entropia e tende a ampliar a sustentabilidade. Mas ações nesse sentido só podem acontecer de fato como resultado da composição entre, de um lado, a ética, a política e os valores, e, de outra parte, o conhecimento, as tecnologias e as práticas.
Nessa convivência sempre haverá oscilações: ora predominará um lado, ora prevalecerá o outro. Mas a lacuna entre eles jamais deve ser tão ampla que essa predominância leve à ditadura de um dos polos, como acontece hoje.
Determinar até que ponto essa composição será possível na prática dependerá de cada país, cultura, organização ou instituição e, em especial, da atuação de suas lideranças.